Especial

Coronavírus: prevenção, informações corretas e calma são as melhores armas contra a doença!

coronavírus

O coronavírus (COVID-19) há algumas semanas está em todas as manchetes e noticiários e não é sem razão. A doença, que se alastrou a partir da China, chegou ao Brasil no final de fevereiro e cresceu em março provocando pânico e incertezas em muita gente.

É claro que é preciso muito cuidado para evitar a propagação do vírus, principalmente entre o grupo considerado de risco: idosos e pessoas debilitadas por outras condições de saúde. Antes de qualquer coisa, porém, é necessário ter calma para avaliar a situação e tomar medidas certas e seguras.  

Com tranquilidade é possível filtrar as informações que são realmente relevantes e se prevenir corretamente contra a doença. Confira a seguir algumas dicas para enfrentar o coronavírus com segurança e sem medo.

Antes de qualquer coisa, a prevenção     

O COVID-19 se espalha rapidamente pois é transmitido pelo ar, pelo contato pessoal com secreções de quem tem a doença (gotículas de saliva, espirro, tosse e catarro) e contato com objetos ou superfícies contaminadas.

Por isso os órgãos de saúde têm recomendado o máximo de isolamento social e os cuidados redobrados com a higiene, principalmente com o lavar das mãos e uso do álcool gel.

É preciso ficar trancado? Quem está com o vírus sim, para evitar sua propagação. Em áreas nas quais a doença ainda não chegou é bom evitar aglomerações e contatos próximos (abraços, apertos de mão e beijos) por medida de precaução.

Caso seja possível adiar compromissos por alguns dias, é melhor. Caso não seja, procure fazer reuniões em lugares bem arejados e sempre manter a distância de, pelo menos, um metro entre os participantes.

Em caso de dúvidas sobre as formas de transmissão e cuidados contra o vírus leia o Guia de Prevenção criado pelo Governo do Estado de São Paulo. Acesse: http://saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/

Cuidado com os grupos do WhatsApp!      

Um fator que aumenta os riscos de transmissão é a histeria causada pelo excesso de informações falsas ou alarmistas divulgadas em todos os canais, mas, especialmente, em grupos de WhatsApp.

Primeiro foram as notícias minimizando o problema, depois uma enxurrada de teorias da conspiração sobre a origem do vírus. Agora são os exageros sobre as situações em outros os países.

Procure se informar através de veículos de comunicação conhecidos e confiáveis. Evite sites ou “especialistas” desconhecidos que surgem na sua timeline. Procure por fontes, sempre. Quem é a pessoa ou órgão que está fazendo a afirmação?

Questione-se antes de acreditar e – principalmente – de repassar uma informação que você não tem certeza se é verdadeira ou não.

O avanço da doença no mundo todo pode ser acompanhado por um mapa desenvolvido pela Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, que reúne informações da Organização Mundial de Saúde (OMS). Nele é possível verificar número de casos e fatalidades atualizados e olhar as curvas de crescimento da pandemia por país.

Esse tipo de comparação é importante para avaliar como o Brasil está lidando com o problema. Acesse: https://gisanddata.maps.arcgis.com/apps/opsdashboard/index.html#/bda7594740fd40299423467b48e9ecf6

É preciso calma para enfrentar o coronavírus      

Como todo vírus, o COVID-19 vai se alastrar, isso é um fato, por isso é preciso ter calma e racionalidade. Nada de ceder ao “efeito manada” e sair correndo para farmácias e supermercados comprando mais coisas do que é necessário.

É preciso ponderação e constante observação do que acontece no mundo. Quanto mais preparados estivermos, mais rápido o vírus vai “passar por nós” e ser erradicado.

Em casa ou no trabalho, é preciso continuar mantendo uma rotina saudável, se alimentar bem e seguir as recomendações de higiene.

Por mais que existam estatísticas assustadoras em alguns lugares do mundo, devemos lembrar que países como a Coréia do Sul, Taiwan e Singapura conseguiram conter o avanço do coronavírus com medidas que o Brasil está adotando.

Na própria China o vírus já está controlado. Na Itália, embora a situação ainda seja grave, a doença dá sinais de que parou de alastrar. Além disso, cientistas no mundo todo correm contra o relógio em busca de uma vacina que possa salvar vidas.

O DUE contra o coronavírus      

O DUE Coworking está tomando todos os cuidados necessários quanto à higienização e limpeza dos seus espaços. Queremos que nossos coworkers estejam seguros e sigam trabalhando como se estivessem em casa.

Além disso, o DUE também está trabalhando para manter todos informados sobre o COVID-19. Assim, o combate à doença pode ser mais rápido e eficaz.  

Se tiver alguma dúvida sobre o coronavírus ou alguma sugestão sobre o tema, deixe seu comentário no final desse artigo.

Continue seguindo o Blog do DUE Coworking e também suas redes sociais. Você encontra o DUE no Facebook, LinkedIn e Instagram com postagens diárias sobre o mundo dos coworkings, empreendedorismo e produtividade, entre muitos outros.

Leia e compartilhe com seus familiares e colegas de trabalho!  

Por Gustavo Cândido | Inteligência Digital – Consultoria em Estratégia e Marketing Digital

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *